Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Pensamentos’ Category

Poema do Dia [2]

vista-wallpaper-boulder-sunset

O cisne, quando sente ser chegada

O cisne, quando sente ser chegada
A hora que põe termo a sua vida,
Música com voz alta e mui subida
Levanta pela praia inabitada.

Deseja ter a vida prolongada
Chorando do viver a despedida;
Com grande saudade da partida,
Celebra o triste fim desta jornada.

Assim, Senhora minha, quando via
O triste fim que davam meus amores,
Estando posto já no extremo fio,

Com mais suave canto e harmonia
Descantei pelos vossos desfavores
La vuestra falsa fé y el amor mio.

Autor: Luís de Camões

Anúncios

Read Full Post »

Poema do Dia [1]

Ausência

Por muito tempo achei que a ausência é falta.
E lastimava, ignorante, a falta.
Hoje não a lastimo.
Não há falta na ausência.
A ausência é um estar em mim.
E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços,
que rio e danço e invento exclamações alegres,
porque a ausência, essa ausência assimilada,
ninguém a rouba mais de mim.

Read Full Post »

E aqui estou eu…

Ouço os Chemical Romance, ouço o som do vento e de vozes. Penso no que escrever agora no blogue. Torna-se difícil escolher certos assuntos. Não quero tornar o meu blogue num sacríficio para ninguém. Mas os posts mais belos e com mais sentimentos são aqueles que escrevemos quando as nossas emoções estão descontroladas.

É apenas a minha opinião.

Agora, neste preciso momento, não me sinto inspirada para partilhar alguma coisa convosco, caros leitores, porque sinceramente hoje não foi muito um daqueles dias em que estou empenhada.

Consegui escrever três posts, mas isso foi há algum tempo. Agora estive a pesquisar e a descubrir novos blogues e descubri que muitas das pessoas falam daquilo que mais lhe chateia na vida.

Um blogue, é uma coisa pessoal, mas não ficariam vocês chateados e aborrecidos se eu estivesse sempre a falar da minha vida? Não têm coisas mais interessantes para fazer? É claro. Um blogue é algo especial, que nem muitas pessoas percebem para que serve. O blogue é o único sítio onde eu consigo ser totalmente honesta.

As pessoas lêem os nosso pensametos mais profundos e sentimentais.

É claro que também podemos falar sobre coisas mais simples e vulgares, como concertos e músicas. Filmes também são bem-vindos. Mas um blogue é especial quando tem algo de pessoal. E é por isso que faço agora este post e a dar os parabéns ao Rodrigo, meu amigo, porque tem um belo blogue. Gosto muito de o ver. Misturas temas normais e vulgares, mas também falas da tua vida, mas não de maneira aborrecida. Obrigada por nos entreteres.

E assim fico, por aqui, com (provavelmente) o meu último post de hoje. Talvez me sinta mais inspirada à noite, ou então encontre um bom tema para conversarmos.

Até breve, caros leitores.

Read Full Post »